Frio não espanta apoiadores para ver Bolsonaro em Ponta Porã

Mesmo com o frio registrado na fronteira na manhã desta quarta-feira (30), uma multidão de apoiadores aguarda a chegada do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), no Aeroporto Internacional de Ponta Porã. A comitiva presidencial está prevista para chegar na cidade às 11h (horário local), onde será inaugurado um novo radar para o controle do Espaço Aéreo Brasileiro.


No local muitas pessoas ainda que agasalhadas estão vestidas de verde e amarelo para recepcionar o presidente. Desde as primeiras horas da manhã um forte esquema de segurança foi montado no local, que foi segue isolado e monitorado por policiais federais e militares do Exército. Na rodovia, que dá acesso ao aeroporto, agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) fazem o controle do tráfego.


O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, que está no local para recepcionar a comitiva destacou a importância dos radares de monitoramento para o estado. “Estamos fechando uma proteção muito importante na fronteira com a inauguração dos radares e a vinda do presidente é muito fundamental para discutir a ações de governo. Além disso o presidente traz uma ótima noticia que é a chegada de um carregamento de vacinas para a imunização da fronteira”, disse Azambuja.


“Ficamos muito orgulhosos com a visita do presidente, estaremos sempre de braços abertos para recebê-lo, pois estão sendo tratados assuntos muito importantes para o desenvolvimento de Ponta Porã”, destacou Hélio Pellufo, prefeito de Ponta Porã.


A programação presidencial em Ponta Porã prevê o um discurso às 11h30. O acionamento do radar ocorrerá às 12h, seguido de interceptação simulada 12h05 e entrega de certificados 12h15.


Além do presidente, participarão da cerimônia a ministra da agricultura, Tereza Cristina e o ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, Augusto Heleno.


Esta é a segunda vez que o presidente vem a Mato Grosso do Sul em pouco menos de dois meses. No dia 14 de maio, Bolsonaro esteve em Terenos, no assentamento Santa Mônica, para entrega de títulos fundiários. - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Categoria:

Deixe seu Comentário